quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

FELIZ 2010


Que nunca te falte...

  um sonho pelo que lutar,

    um projeto para realizar,

      algo que aprender,

        um lugar aonde ir

          e alguém a quem amar.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

CONSIDERAÇÕES NATALINAS

Uma amiga me ligou ontem pela manhã e na "lata" interrogou:
- A... voce tem algum acessório vermelho?
(Uai, 40 dias sem dar notícia e nem um "oi, tudo bem?" e ainda pedindo algo!!)
- Não, não tenho!- respondi.
Lá vem então aquele papo: Porque que eu não tenho? Onde estão todas aquelas coisas lindas que eu tinha? Eu dei? Joguei fora?
- Sim. Por que?!
- Muiézinha, agora tu virou um zumbi?! Sai pra vida!
- L..., eu continuo viva! Só não compactuo mais com esse consumismo desenfreado, estimulado pelo capitalismo para satisfazer questões de exibicionismo ou status social. Não me interessa ficar a dever os cabelos para ser vista, elogiada, paquerada ou invejada. Sou bem resolvida, não preciso desses elementos para ser feliz.
- Olha, já te ligo!!- respondeu, rapidamente.

Sinceramente, não sei como ela não perguntou pelo Dimi ou que fim levou. Aliás, Graças a Deus.


                                                                                    *    *    *


Indo a casa da maninha para jantar. No carro, meu sobrinho (4 aninhos) me pergunta:
- Tiaa, que papai "noiel troxi p/ shiora"?
Fuzilei minha irmã com os olhos e inquiri desde quando ele estava sendo condicionado com esta conversa mole?!
- Foi o padrinho dele, não dava mais para desfazer a conversa. Pois, o menino ia ficar pensando que o padrinho é mentiroso. Não sabe como ele é?!- falou minha irmã, justificando-se.
Virei para responder a pergunta da criança. Meu outro sobrinho de 14 anos, falou discretamente:
- Tia, cuidado com o que a sra. vai falar!
Pensei imediatamente: E agora? Que eu faço? Respondo que ganhei saúde, coragem, inteligência. (falta de modéstia também, mas não citei essa parte... kkkk kkkk)
- Nããão, tiaaaaaa!! Papai "noiel" não faz assiiiim! Oiá é assim... ele dá "inquedo, shorti, uékinha, rôpa, elógio, vído gueme"...
Sou obrigada - GRRRRRR - a mentir, compactuando contra minha vontade com a mentirinha inocente do padrinho dele.
-Lindinho, a titia já é grande e agora ganha outras coisas! Criança é que ganha isso aí, que voce falou. - sai pela tangente, mas rangendo os dentes...
                                                                                   * * *

E cá estamos novamente em uma data que, inicialmente foi proposta como uma comemoração religiosa. Embora, saiba-se há algum tempo que não existem registros que comprovem com exatidão, o nascimento de Jesus. E outros ainda afirmam em seus estudos que, esta data foi estabelecida, para agradar povos pagãos que estavam a ser iniciados no Cristianismo. Como tantas outras cositas pagãs, que foram inseridas para a adesão de mais "fiéis".
Bom, tapando o sol com a peneira e aceitando essa data como um evento espiritualizado. Pause...
Antigamente, ainda via-se uma lapinha nas casas e comércios. Cartões sobre a família santa, os três reis magos, estrela-de-Belém etc... Ihh!! Mais faz tempo, óóó!
Liberando o pause...
Espiritualidade é o que menos vê-se. Ambição, cobiça, inveja, gula, lascívia, avareza e falsa caridade, decididamente são em doses fartas. A data tornou-se uma campeã de vendas no comércio, assunto mais que interessante para o mundo capitalista. Lembrei de uma charge em que papai Noel pergunta a um bebê na manjedoura (supostamente Jesus).
- Afinal, a data é minha ou sua??
O CDL responderia:
- Não importa Noel. De qualquer um, desde que venda muito!!

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Não é meu refrigerante preferido

                                Mas, na falta de opção... Ok, bem gelada e com duas rodelas de limão desce legal!

Considerei a imagem interessante, pois mostra-nos a evolução do seu recipiente. Óbvio que, para um produto persistir no mercado por mais de um século, não é nada fácil! O segredo também não está na sua fórmula "secreta", que dizem alguns está mais segura que ouro no Fort Knox. Mas sim, no marketing encima desse lendário(não dá pra negar isso) xarope escuro, que tem gosto de... de que mesmo, héin?! Sim, por que outros refrigerantes tem sabor - lembrando que, pelo menos 70% é artificial - de caju, guaraná, tutti-fruti, laranja, limão, uva e outros sabores mundo afora.
Defensores e dependentes deste produto já me responderam tem sabor de Coca-Cola, oras!
Hãhã...que dedução fantástica!! Deve ser efeito colateral ou adverso da ingestão crônica do mesmo?!

Meu fofo sobrinho de 4 anos, indagado outro dia sobre qual refrigerante ele mais gostava; se de laranja, limão, guaraná ou uva? Na sua simplicidade infantil  respondeu: -"Gostu do pretu!"     ...kkkk kkkk
Achei uma graça! Mas meio chateada, pois com essa idade o marketing centenário do "preto" já o pegou. E mais tem que ser ele mesmo, o concorrente também "preto", não serve. kkkk kkk
 
Já as minhas papilas gustativas não foram conquistadas e muito menos meu cérebro lavado eficazmente, pelo marketing massivo do refrigerante "preto".
Um professor pré-universitário -explanei essa mesma posição sobre refrigerantes em certa ocasião- me disse:
- Que a Coca-Cola Corporation ou a sua concorrente, não saibam da sua opinião. Voce é uma ameaça! - e caiu na gargalhada.
Bem, continuo com o meu discurso e... por enquanto, ainda estou por aqui.

Agora se meu sobrinho ver essas embalagens de Natal... ele tá conquistado de vez. Pobre garoto!!   kkkk kkkk

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Consumo= Felicidade. Será???

Fico boquiaberta com os desvairios, que a população faz para as festas de final de ano. Se a grana não é o bastante? Sem problemas. O dinheiro de plástico resolve tudo!! Como se o mesmo não fosse ser pago com dinheiro em papel ou moeda. Nem que esta quantia sequer passe pelas mãos do dono. Tantas vezes ela já segue pelos tramites bancários. Existe uma cobrança implícita que todos tem que comprar, comprar e comprar... Por uma mera questão de exibicionismo, de status e consumismo desenfreado. Alguém lembra o significado desta data? Se lembra, qual era a proposta da pessoa que comemoramos seu nascimento? Antes que me esqueça, algumas denominações já recebem doações(dízimo e ofertas) com dinheiro de plástico. Se não houver saldo no dia do vencimento, a operadora do cartão cobrará os seus juros como de qualquer ímpio.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

TE DESEJO DE TUDO UM POUCO

Sensibilidade ...
Para não ficar indiferente
diante das belezas
da vida ...

Coragem ...
Para colocar a timidez de lado
e poder realizar o que tem vontade.

Solidariedade ...
Para não ficar neutro
diante do sofrimento da humanidade.

Bondade ...
Para não desviar os olhos
de quem te pede ajuda.

Tranquilidade ...
Para quando chegar ao fim do dia,
poder deitar e dormir o sono dos anjos.

Alegria ...
Para você distribuí-la,
colocando um sorriso no rosto de alguém.

Humildade ...
Para você reconhecer
aquilo que você não é.

Sinceridade ...
Para você ser verdadeiro,
gostar de si mesmo,
e viver melhor.

Felicidade ...
Para você descobri-la dentro de você
e doá-la a quem precisar.

Amizade ...
Para você descobrir que,
quem tem um amigo,
tem um tesouro.

Esperança ...
Para fazer você acreditar na vida
e se sentir uma eterna criança.

Sabedoria ...
Para entender que só o bem existe,
o resto é ilusão.

Desejos ...
Para alimentar o seu corpo,
dando prazer ao seu espírito.

Sonhos ...
Para poder, todos os dias,
alimentar sua alma.

Amor ...
Para você ter alguém para amar
e sentir-se amado.
Para você desejar tocar uma estrela,
sorrir para a lua.

Sentir que a vida é bela,
andando pela rua.
Para você descobrir que
existe um sol dentro de você.

Para você se sentir feliz
a cada amanhecer
e saber que o amor
é a razão maior para viver.

Mas, se você não tiver um amor,
que nunca deixe morrer em você,
a procura.
O desejo de o encontrar.

Tenha de tudo, um pouco...

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Você Pode

Só Deus pode criar,
mas você pode valorizar o que ele criou.

Só Deus pode dar a vida,
mas você pode conservá-la e respeitá-la.

Só Deus pode dar a paz,
mas você pode dar e semear a união.

Só Deus pode dar a força,
mas você pode amparar os seus irmãos.

Só Deus pode dar a esperança,
mas você pode restituir a confiança ao próximo.

Só Deus pode dar o amor,
mas você pode ensinar a amar.

Só Deus pode dar a alegria,
mas você pode sorrir para todos.

Só Deus pode fazer milagres,
mas você pode fazer o sacrifício.

Só Deus é a vida,
mas você pode dar aos outros, a alegria de viver.

Só Deus pode fazer o impossível,
mas você pode fazer tudo o que está ao seu alcance.

Só Deus basta a si mesmo, mas ele prefere contar com você !!!

TEM GÔSTO PRA TUDO

Será que ele reclama quando ela acorda com a cara amarrotada??
kkkkk kkkkkk kkkkkk

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Isto não pertence a Ele

    Outro dia, vi no YouTube um vídeo de agressão religiosa. Meu coração ficou tão pequeno!!
A humanidade vem de tempos imemoriais degladiando-se sempre por alguma coisa. Óbvio, que essas diferenças não escapariam do terreno espiritual . Mas, como um segmento que originalmente se dedica a elevar o espírito, cai em armadilhas grotescas como agressão, preconceito e intolerância?? Com o pouco que tenho teimado em estudar. Digo, "teimado" por que vivo cercada de pessoas que consideram-me perdida em um limbo -estudar outras religiões, para entender seus pontos de vista-, no qual não saio por que ainda não encontrei Deus. Mas eu já O encontrei!! E Ele não se encaixa na forma em que a maioria, O entende e O ensina. O enxergo em cada credo, mas seus seguidores deturpam seus ensinamentos. Aflige-me o coração saber cristãos, muçulmanos, judeus, hindus e outros... em constante atrito, ao ponto das agressões. Em uma ou outra ocasião todos tornam-se vitímas ou vilões. Certeza que em outros tempos -talvez, hoje- eu passaria a churrasco ou picadinho literalmente, por que afinal, não concordo também com muita coisa de uns e outros.
Em diversas ocasiões aparecem almas confusas que fazem coisas como as que recheiam o YouTube. Imagens e sons sempre são fortes. Para certas pessoas ler uma notícia não dá real dimensão dos fatos. De forma que, apesar do impacto a divulgação de imagens torna-se positiva. Quem sabe, alguns não revejam seus conceitos!? E conscientizem-se que suas ações e técnicas coorcivas não são orientações Divinas.
Ele não indica isto,
Ele não necessita disto
e Ele não gosta... muito menos.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Uma resposta triste


Agradeço seu carinho e atenção de me enviar seu e-mail. Não temos muito contato, no entanto sou muito feliz com sua consideração por mim. Isto é muito raro, em um mundo tão efêmero como o das amizades virtuais.

Quero te explicar por que não gosto de Festas de fim de ano. Aliás, qualquer data comemorativa. Como somos amigos, sei que posso explanar minha opinião.

Fico feliz que tenhas motivos para discordar de mim. Sinal que com certeza não vês, o que vejo por aqui. Não sei como as coisas funcionam na sua terra, mas o que vejo por aqui, meu amigo...não me faz em nada satisfeita com qualquer data comemorativa.

Não cheguei a esta triste conclusão sem razão. Venho acompanhando há anos o desenrolar de uma cultura cada vez mais mercantilista. Extremamente voltada para a imagem, status e consumo.

Verdade que adoro as decorações, as comidas, as boas reuniões entre amigos ou familiares, ou tudo isso junto, mais alguns vizinhos de bem. Por outro lado, é impossível não perceber o quanto é artificial certas cenas.

Por que não há união, paz e solidariedade em outros dias?
Por que somente quando festejam uma data que supostamente nasceu Jesus?
Ou nos dias considerados dos pais, das mães, dos anciãos ou crianças?
Enquanto nos dias restantes as pessoas sequer olham para o próximo...

Tantos a gastar com ceias fartas, com itens e ingredientes caros...enquanto outros não tem o que comer. Tantos a vestir roupas novas e outros com trapos. Também a gastar fortunas com a energia elétrica em decorações e outros morando nas favelas em barracos ...que vivem a incendiar por usar energia clandestina. Pois , não podem pagar por ela.

Chega a ser indecente o uso de cartões de crédito, financiamentos e cheques pré-datados -muitos dos quais descerão a ladeira da inadimplência- para as compras ou viagens de final de ano.

Por que o marketing é tão grande encima das datas comemorativas??? Lucros certos e grandes, oras!!

Os shoppings e lojas abarrotados de gente a comprar e comprar e comprar...e porque??? Ah!! Por que ninguém pode aparecer em tais datas sem roupa, sapatos, acessórios novos...Pois todos irão dizer que ele está "quebrado". Aparência é tudo neste mundinho capitalista, a sociedade cobra essa taxa das pessoas.

Por aqui as pessoas desfilam e gastam o que podem...e também o que não podem. Parentes, amigos, namorados ou amantes ficam frustrados se não ganharem presentes, não importa como estes venham a ser pago. E aí do pai ou mãe de família se faltar com todo o aparato festivo que acompanha estas datas.

Outra... ninguém está a fazer reuniões lembrando que o Natal é uma comemoração "espiritual". As festas que acontecem nos lares ou casas de show, em nada lembram isto. Com exceção das decorações, claro!! Os acidentes, a prostituição, a violência, a poluição e o desperdício, quando chegam essas "abençoadas" datas comomorativas é tamanho...que chega a ser dramática as estatísticas finais.

Infelizmente, não tenho motivos para me alegrar.

Sabe, há mais de uma década quando chega dezembro, planejo de me esconder em algum lugar onde não veja tanta hipocrisia, injustiça social e desperdício. Em um período que hipoteticamente seria para ser diferente.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Ninguém vai ter uma igual

Quer inovar na linha natalina?
Matar sua vizinhança de inveja?
Economizar na ceia de Natal? (depois de admirarem a decoração, claro!!)

Então, corra para o brejo mais próximo com seu pisca-pisca e faça já uma decoração única como esta.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

ONDE MORA A FELICIDADE?

Você sabe onde mora a felicidade?
Sim, se você deseja encontrar a felicidade, primeiro é preciso saber onde ela mora.

Talvez você nunca tenha pensado nisso, mas a felicidade pode ser encontrada em vários lugares e revestida das mais variadas formas.

No entanto, é preciso procurar com sabedoria, para não seguir falsos guias ou falsas trilhas.

Muitas vezes o prazer tem acenado para as pessoas que estão em busca da felicidade, mas logo ele se vai, deixando rastros confusos e um forte sabor de amargura.

Outras vezes a riqueza se diz proprietária da felicidade, mas nem sempre consegue aprisionar essa fugitiva, que logo se vai, deixando uma sensação de vazio naqueles que acreditam em suas falsas promessas.

Não raro, o poder, travestido de orgulho, se coloca como único mensageiro da felicidade, iludindo aqueles que caem em suas malhas cruéis.

Sem escrúpulos, a ambição desmedida tem se apresentado como guia capaz de conduzir os interessados à morada da felicidade, mas, tão logo suas vítimas abrem os olhos, já estão bem distantes do seu objetivo.

Outras vezes, a juventude, de combinação com a beleza física, arrebata criaturas descuidadas que estão em busca da felicidade, para logo mais abandoná-las, sem rumo e sem esperança, na estrada da desilusão.

Talvez seja por isso que a felicidade é o tesouro mais procurado e mais dificilmente encontrado.

E você sabe por quê? Porque o homem a tem buscado em coisas exteriores, situações passageiras ou em outras pessoas.

Com efeito, nem a riqueza, nem o poder, nem a juventude, nem mesmo todas essas condições tão desejadas reunidas são condições essenciais à felicidade...

Isso se pode constatar porque incessantemente se ouvem, no seio das classes
mais abastadas, pessoas de todas as idades se queixarem amargamente da situação em que se encontram.

Quem deseja, sinceramente, ser feliz, sabe que a felicidade independe de valores externos, mas é a somatória de vários fatores internos, como o dever cumprido, a consciência tranqüila, a serenidade da alma.

Ao contrário do que se pensa, a felicidade não é ausência de sofrimento, de dor, de obstáculos no caminho, mas é o estado da alma que o ser conquista, apesar de todos os desafios naturais da caminhada.

Todos os grandes líderes da humanidade lutaram até atingir sua meta: alcançar a felicidade possível, nesta vida de provas e expiações.

Buda renunciou a todo conforto principesco para conquistar a iluminação.

Maomé sofreu perseguições e permaneceu incansável até alcançar sua meta.

Gandhi foi preso inúmeras vezes, sem reagir, fiel aos planos de não-violência e da liberdade para seu povo.

E Jesus preferiu a cruz infamante à mudar seu comportamento baseado no amor.

Como se pode perceber, a felicidade de cada indivíduo depende da fidelidade
que cada um tem para consigo mesmo e para com as metas que estabeleceu para alcançá-la.

Assim sendo, a felicidade encontra morada onde quer que exista alguém disposto a lhe dar guarida.

Pode ser num casebre ou numa mansão, num leito de dor ou num jardim de alegrias, o importante é saber senti-la e saber cultivá-la.

"Na terra, a felicidade somente é possível quando alguém se esquece de si mesmo para pensar e fazer tudo que lhe seja possível em favor do seu próximo."

Sinta essa felicidade dentro de si.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Em extinção por que

vão pra panela, fogueira -ou cru mesmo.
Nem vou colocar as reais imagens, pois já me enrolam as entranhas.


-Baleias
-Elefantes Africano da floresta
-Tartarugas verdes do mar
-Golfinhos de rios
-O Gaur -um parente selvagem para a vaca, vive na Ásia.
-Tubarões
-Caribou
-Atum rabilho
-Salmão Chinook
-Os chimpanzés e gorilas
-Salamandra gigante chinesa

Não costumo "pisar na jaca" ...

essa é mais a especialidade de uma parente próxima.
Mas, quaaando faço...
sai da frente, que já derrubo logo é a jaqueira toda.
Ai, meu Deus!! Eu e minha boca grande que não fica fechada.
Qualquer dia desses eu engulo um boeing inteiro!!!
Uuuii... agora é abafar o caso, procurar um bom clareamento dental. Pois minha cota de sorriso amarelo já deu o máximo de si.
Fui...

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

TAÍÍÍ... QUE EU MORRIA SEM SABER DESSA!!!

Teste de gravidez era no sapo(a) mesmo


O quê??? Teste de gravidez???
Isso mesmo, até a década de 1960, quando se lançou no mercado os kits de testes de gravidez, a maneira mais eficiente de saber se uma mulher estava grávida era o teste do sapo, conhecido como teste Hogben, por causa de seu inventor, o sul-africano Lancelot Hogben, em 1930. O teste consistia em injetar a urina da mulher no saco linfático de um sapo da espécie Xenopus laevis, de manhã, e checar, à noite, o que aconteceu. Se a mulher estivesse grávida e o teste fosse feito com uma fêmea de sapo, ela colocava ovos em 12 horas. Se o teste fosse com um macho, e se a mulher estivesse grávida, ele produzia espermatozóides. O teste tinha uma eficiência de quase 100% e era largamente utilizado. Devia ser conhecido como o beijo da princesa...

Meu lado obtuso falando

OOOOK!!
É interessante, é admirável, é estranho.

Também é arte??
Certo! Tuuudo bem!!
Mas, meu lado "obtuso" inicialmente só captou a quantidade imensa de pessoas sem-teto ou vivendo em moradias sub-humanas e essa tão bonitinha... sem a utilidade real que uma casa deve ter.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

domingo, 29 de novembro de 2009

Não entro mais em uma banca de revistas!!!

Pensando bem, ainda podemos chamá-la de banca de revistas? Tá mais para loja de conveniências! Aliás, tuuuudo hoje em dia É meio "loja" de conveniência. Desde posto de gasolina à cantina de igreja, de padoca da esquina à gente. Sim, é isso mesmo!! Gente no sentido pessoa, ser humano, o dito Homo sapiens sapiens. Alguns espécimes são verdadeiros shoppings de conveniência!!
Maaaas, voltando a tal banca e suas opções infindáveis...
Credooo!!
Queremos tudo que... afinal não precisamos (ou não deveríamos) ter, ler, comer e ver mesmo.
Vejamos o conteúdo das publicações e produtos oferecidos:
-Aquela mesma receita de empada que somente mudou a margarina -novo patrocinador.
-Uma nova(hã!) bunda pelada ou peito siliconado -que logo serão esquecidos.
-O maldito chiclete anti-cárie -que gruda em qualquer restauração dentária.
-A receita de suco que minha bisavó já fazia - inclusive com a fruta mais fresca e saudável.
-Aquela milésima dica de como fazer um sexo inesquecível -ultrapassadíssiiiiiima!!!
-As dietas milagrosas e corpos lindos -"photoshopados" desavergonhadamente.
-Um maravilhoso gato nu, bombado e marombado -apagando a luz, o miado é outro.
-Aquele suprimento sem fim de nicotina  -que somente jornal vende mais!!
-A grande tendência da moda -que voltou repaginada do sarcófago.
-Aqueles deliciosos chocolates e balas -Grrrrrrrrr
-Os mesmos escandalos políticos, sexuais e econômicos -mudando apenas os protagonistas.

 

E mais...sorvetes, chaveiros, bonés, bolsas, refrigerantes, isqueiros, camisinhas, adesivos, suquinhos, mini-recheadas, barrinhas de cereais, super-cola, fio dental, canetas etc, etc, etc... UUUFA!!!
É ou não uma "loja de conveniência"?

Pura verdade

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Loirão da UNIBAN, em 2030

NUNCA FUI MUITO FÃ DE CARNES

SEMPRE TIVE MAIS APETITE POR FRUTAS, LEGUMES, VERDURAS E CEREAIS.
COM O PASSAR DO TEMPO, CADA VEZ QUE IA AO AÇOUGUE FICAVA ENJOADA AO OLHAR OS CORTES DE CARNE. POIS LEMBRAVA QUE UM DIA FORAM SERES VIVOS E ABATIDOS PARA CONSUMO HUMANO.
HÁ OUTRAS OPÇÕES EM ALIMENTOS, NOS QUAIS NÃO SEJA NECESSÁRIO O SACRIFÍCIO DE UMA CRIATURA... OUTRORA, SALTITANTE E FELIZ. 
AINDA ESTOU NA LUTA. REDUZINDO O CONSUMO DE CARNES A UM DIA NA SEMANA E O MÍNIMO POSSÍVEL. MINHA PELE E APARELHO DIGESTIVO TIVERAM UMA MELHORA INCRÍVEL.
SEI QUE NÃO VOLTO ATRÁS, POIS NÃO QUERO ME SENTIR COLABORADORA NO EXTERMÍNIO DE SERES VIVOS PARA SEREM POSTOS NO MEU PRATO.   IIGA...

MOTIVOS PARA SER VEGETARIANO

 PELO MEIO-AMBIENTE
- POIS AS CRIAÇÕES DE GADO SÃO A MAIOR CAUSA DE AQUECIMENTO GLOBAL.
- A MAIOR PARTE DAS PLANTAÇÕES DE SOJA QUE DESMATAM A AMAZÔNIA, SERVEM DE RAÇÃO PARA O GADO, OU SEJA NÃO COMER CARNE TAMBÉM IMPLICA EM DIMINUIR AO DESMATAMENTO DA AMAZÔNIA.

PELOS ANIMAIS
- POIS ELES SÃO SENSÍVEIS A DOR.
- POIS UMA VACA TEM SENTIMENTOS IGUAL A SEU CACHORRINHO.

 PELA SUA SAÚDE
PESQUISAS MOSTRAM QUE O CONSUMO DE CARNE PODE CAUSAR DIVERSAS DOENÇAS COMO:
- IMPOTÊNCIA.
- HIPERTENSÃO.
- OBESIDADE.
- DIABETES.
- CÂNCER E TUMORES.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Essa passou para meus filhos

A aracnofobia, que deu, em tempos, matéria para uma realização cinematográfica, é o medo (ou fobia) de aranhas. O que alguns fazem em relação à sogra, os aracnofóbicos praticam no que se refere às aranhas: quanto mais longe melhor. Trata-se da mais comum das fobias, em que a aceleração das frequências respiratória e cardíaca e as náuseas marcam, invariavelmente, presença. A distância de uma aranha é sempre pouca e este medo é passível de determinar o local para ir morar ou de férias, actividades desportivas ou de lazer.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

FOBIAS

Em sua maioria são irracionais. Nem por isso, devem ser interpretadas como  frescuras ou teatrinhos. Dificultam a vida de muitos causando sofrimento e às vezes isolamento. Algumas chegam a ser incapacitantes. Conheça exemplos, agora:

ACAROFOBIA: - Medo mórbido de contrair a sarna ou da infestação da pele com pequenos organismos rastejantes.
ACROFOBIA: - Medo mórbido de lugares muito alto.
AEROFOBIA: - Estado mórbido caracterizado pelo horror ao ar.
AGORAFOBIA: - Medo mórbido e angustiante de lugares públicos e grandes espaços descobertos.
AILUROFOBIA: - Medo mórbido de gatos.
ALGOFOBIA: - Terror mórbido de sensação dolorosa.
ALIADOFOBIA: - Aversão às nações aliadas da primeira e segunda Guerra Mundial.
AMAXOFOBIA: - Medo, pavor doentio diante de veículos de transporte.
ANDROFOBIA: - Aversão, horror ao sexo masculino.
ANGLOFOBIA: - Aversão pelos Ingleses e as coisas inglesas.
ANTROPOFOBIA: -Horror aos homens, a sociedade humana, medo de aglomerações de pessoas.
ASTROFOBIA: - Medo dos astros ou de outros componentes do espaço sideral.
BACILOFOBIA: - Medo mórbido de bacilos.
BASIOFOBIA: - Medo mórbido de cair ao caminhar.
BASOFOBIA: - Medo mórbido de ser incapaz de andar.
BIOFOBIA: - Medo mórbido à existência ou a vida em sociedade.
CACOFONOFOBIA: - Aversão às cacofonias.
CANCEROFOBIA: - Medo mórbido e injustificado de estar sofrendo de câncer.
CARDIOFOBIA: - Excessivo pavor às doenças do coração.
CATISOFOBIA: - Psicose caracterizada pelo medo mórbido de sentar-se.
CERAUNOFOBIA: - Medo mórbido de raios e faíscas elétricas.
CINOFOBIA: - Medo mórbido dos cães.
CIPRIDOFOBIA: - Medo mórbido de contrair doenças venéreas.
CIPRIFOBIA: - O mesmo que CIPRIDOFOBIA.
CLAUSTROFOBIA: - Medo mórbido de clausura, lugares fechados ou pequenos espaços.
CLEPTOFOBIA: - Medo mórbido de roubar, de não pagar dívidas ou pagar com dinheiro falso.
COPROFOBIA: - Repugnância anormal à defecação e as fezes.
CREMNOFOBIA: - Medo mórbido de precipício.
CRISTALOFOBIA: - Medo mórbido de objetos de cristal, vidro ou seus fragmentos.
CROMOFOBIA: - Aversão mórbida as cores.
DEMONOFOBIA: - Medo mórbido aos demônios.
DENDROFOBIA: - Que tem aversão às árvores, arbustos e ramos.
DEXTROFOBIA: - Medo dos objetos colocados à direita de pessoas.
ECLESIOFOBIA: - Medo das igrejas.
ELEUTEROFOBIA: - Que tem horror à liberdade.
ELUROFOBIA: - Medo mórbido aos gatos.
EMETOFOBIA: - Medo doentio de vomitar.
EREUTOFOBIA: - Pavor obsessivo de ruborizar-se (corar) em público.
ERGASIOFOBIA: - Que tem aversão ou horror ao trabalho.
ERGOFOBIA: - O mesmo que ERGASIOFOBIA.
ERITROFOBIA: - Aversão ou horror a cor vermelha.
ERETOFOBIA: - Aversão ou medo mórbido ao ato sexual.
FOBOFOBIA: - Medo mórbido de seus próprios medos.
FONOFOBIA: - Medo doentio da própria voz, de falar em voz alta e dos sons.
FOTOFOBIA: - Horror à luz, sintoma próprio de certas afecções nervosas.
FRANCOFOBIA: - Aversão à França e aos franceses.
GALEOFOBIA: - O mesmo que ELUROFOBIA.
GATOFOBIA: - O mesmo que ELUROFOBIA e GALEOFOBIA.
GEFIROFOBIA: - Medo mórbido de atravessar pontes ou viadutos.
GERMANOFOBIA: - Aversão ou horror a Alemanha e aos alemães
GIMNOFOBIA: - Aversão ou horror a nudez.
GINECOFOBIA: Aversão às mulheres, medo mórbido e infundado do sexo feminino.
GINOFOBIA: - O mesmo que GINECOFOBIA.
HAFEFOBIA: - Medo mórbido de ser tocado.
HELIOFOBIA: - O mesmo que FOTOFOBIA.
HEMATOFOBIA: - Aversão ou horror a sangue. Preconceito contra a sangria.
HEMOFOBIA: - O mesmo que HEMATOFOBIA.
HIDROFOBIA: - Horror a água ou quaisquer líquidos.
HIGROFOBIA: - O mesmo que HIDROFOBIA.
HIPNOFOBIA: - Medo de dormir. Horror ou medo durante o sono.
IODOFOBIA: - Horror aos medicamentos a base de iodo.
IOFOBIA: - Receio mórbido aos venenos.
LALOFOBIA: - Medo mórbido de falar às vezes associado à gagueira.
MELISSOFOBIA: - Medo mórbido as abelhas.
MELOFOBIA: - Que tem aversão ou horror a música.
METALOFOBIA: - Aversão mórbida a tocar em metais.
MICROFOBIA: - Medo dos objetos pequenos. Horror aos micróbios.
MILITOFOBIA: - Aversão à vida ou estado militar. Horror aos militares.
MIRMECOFOBIA: - Aversão as formigas.
MISOFOBIA: - Medo mórbido de contato com pessoas, por receio de contaminação.
MONOFOBIA: - Horror mórbido a solidão.
NECROFOBIA: - Aversão a cadáveres. Medo mórbido da morte.
NEGROFOBIA: - Aversão ou ódio aos negros.
NEOFOBIA: - Aversão às novidades, a tudo que é novo e moderno.
NICTOFOBIA: - Medo mórbido da noite, da escuridão.
NOCTIFOBIA: - O mesmo que NICTOFOBIA.
NOSOFOBIA: - Medo de adoecer que leva a pessoa a tratar-se de doença que não tem.
OCLOFOBIA: - Aversão ou horror a plebe ou multidão.
PANTOFOBIA: - Medo mórbido de tudo. Fobia completa.
PARASITOFOBIA: - Medo mórbido de parasito e das doenças cutâneas que eles produzem.
PATOFOBIA: - Medo ou receio mórbido de contrair qualquer doença.
PEDOFOBIA: - Aversão ou horror as crianças.
PIROFOBIA: - Medo ou horror mórbido ao fogo.
POTAMOFOBIA: - Medo ou horror mórbido aos rios.
PSEUDOFOBIA: - Medo mórbido de algo que não causa dor nem molesta, mas desgosta.
PSICROFOBIA: - Medo mórbido ao frio.
QUIMOFOBIA: - Horror ou medo mórbido as tempestades.
SITIOFOBIA: - Aversão mórbida a qualquer alimento.
SITOFOBIA: - O mesmo que SITIOFOBIA.
TAFOFOBIA: - Medo mórbido que ser enterrado vivo.
TALASSOFOBIA: - Medo mórbido do mar.
TANATOFOBIA: - Horror mórbido a morte e que é sintoma de hipocondria.
TOPOFOBIA: - Medo mórbido de lugares montanhosos.
TOXICOFOBIA: - Medo mórbido aos tóxicos ou venenos.
TOXOFOBIA: - O mesmo que TOXICOFOBIA.
UIOFOBIA: - Aversão aos próprios filhos.
XENOFOBIA: - Aversão às coisas e pessoas estrangeiras.
ZOOFOBIA: - Medo mórbido dos animais.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Elas partiram

Lupita e Luana, eram duas cadelas pequenas que minha mãe criava.
A Luana já tinha por volta de 15 anos(era a que eu mais gostava),  já andava cansada e sempre quietinha. A Lupita era nova, talvez 3 anos. Sempre foi meio doente, por fim todos achavam que estivesse com calazar, mas não... era lúpus. Ela sofreu bastante antes de partir, as medicações acabaram com seus rins e fígado. Tratar um ser humano com lúpus já é terrivel, quanto mais um ser de menor porte. Ninguém tinha coragem de sacrificá-la, nem mesmo o veterinário que acompanha os Pet's da família toda. Agora já não sofre mais.
Também já criei muitos Pet's na minha casa, desisti enfim. Doía demais cada vez que um morria.

Mammy e pai(drasto) estão sofrendo bastante. Eu aqui na minha auto-terapia, mas com o coração bem pequeno e os olhos cheios de lágrimas.

Byezinho Lupita e Luana

domingo, 22 de novembro de 2009

MAMMY, SEMPRE JEITOSA



Manhã de sábado. Adentrei a casa da mammy pela cozinha, já me lamentando de dor-de-cabeça. Quem me conhece já sabe que infelizmente, este é um bordão constante na minha existência. Já foi muito pior, hoje é como se tivesse diminuído em 90% , na quantidade de ocorrências e intensidade de dor.
Louvado seja Deus! Já sou muito agradecida.
Mammy e esposo (meu padrasto) no breakfast tranquilamente, me olham a procurar algum analgésico pelos armários.Uma  exclamação da mammy -já acostumei com sua falta de tato crônica...kkkkk- dá o tom no ambiente:
-Se fosse eu já tinha me matado! Desde que voce é gente tem essa dor-de-cabeça. Eu não aguentava viver assim.
-Já tentei, mãezinha! Já tentei! Mas voces sempre atrapalham. - respondo, levando na esportiva e a cabeça explodindo.
Meu padrasto, discretamente diz:
- R..., não dá idéia!! Fica quieeeeta, mulher!
Olhamos para ele e caimos na risada. Minha cabeça ferrou-se de vez. Mas, foi muito engraçado!!!
Melhorei após um cafézinho com o analgésico. Passei o dia contando aos familiares, mais uma pisada-na-jaca da mammy.

sábado, 21 de novembro de 2009

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

NAVEGANDO POR AÍ...

Museu do helicóptero

Não sei se é o único no mundo. Mas enquanto admirava tais máquinas voadoras, dei-me conta do custo astronômico de um governo para ter esta variedade, sua manutenção e seu desperdício final. E mais tristemente saber, qual foi realmente sua utilidade.
Ao mesmo tempo penso, quanto bem teriam feito se utilizados de outra maneira!
Agora estão obsoletos, pois recolocá-los na ativa custaria uma fortuna por cada um. Agora são apenas cascas sem condições operacionais.

                                            O tempo tudo destrói e o homem também...

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Não fala nada!!

                     
Esta é a frase que mais tenho ouvido, sempre que as conversas giram em torno deste bendito filme "2012".
Ok! Sei que os efeitos especiais estão arrasando. Parabéns aos produtores e a equipe de computação gráfica. Mas, tem coisa que não pode ocorrer por questões de Leis da Física.
Chega um e diz:
- Sim , mas isso é Hollywood.
E eu com isso? O filme não quer ser tão cabeça!? - respondo.
Voce tá estragando a surpresa. Olha pelo lado profético. - alega outro.
- O quê?? Criança, agora tu se afogou na maionese. - falo horrorizada.
Chega outro pamonha e rebate:
- Isso faz parte de uma profecia escrita pelos maias (pergunta pra ele se sabe quem foram os Maias? Onde viveram? Porque desapareceram? AFFSSSS...), previsto para 2012. Tem até o dia e mês.
- Voce caiu diretinho no papo catástrofe. Criatura, isso é um filme!! - suspiro, já cansadinha. Pra começo de história nosso calendário não tem nada com o tipo que eles usavam. Dias semanais, mensais e anuais tinham outra contagem. Quantas outras civilizações previram o fim do mundo, e não deu em nada. Somente suas civilizações acabaram.
- Mas, os cientistas fizeram os cálculos maias adaptados ao nosso calendário. - falou o sabichão.
- Olha, tem mais 3 anos pra tu curtir bem a vida, tá? Larga tua faculdade, não faz nenhum filho, sai comendo tudo que tu tens vontade, cru ou cozido,  reza bastante, enfim... de quebra, vai assistir mais besteira no YouTube. Tá abarrotado de documentário "profético".
Me perguntam:
- E voce já assistiu?
- Não! Só peguei uma prévia no hotsite do filme. O que vi já deu pra sacar as impossibilidades absolutas de salvação de qualquer um. Isto é... se acontecesse como mostra lá. Vou assistir porque adoro ficção.
- Mas, voce não tem medo? - indaga um.
- Gente, cai na real!! Morte é morte. Só espero que seja rápida e doa o menos possível, quando acontecer - concluo.
- Mas, voce não tem medo do inferno? - salta um, com essa pérola.
- WHAT!? -(Eu sabia!! Essa discussão pseudo-profética-cinéfila tinha que escorregar pra espiritualidade).
 Já acostumada com esses arroubos de "santidade" de alguns, respondo:
- Ô secretário do departamento superior e divino, com que autoridade voce determina que meu destino após a morte é o inferno?????? E seeeeee for é de sua conta, por obséquio?? Que eu saiba este é um particular meu e do Divino Criador. Cuide do seu rabo, que do meu cuido eu. Táááá?

AGORA É QUE NÃO ME CALO MESMO...

Lâmpadas-zodíaco nas ruas de Moscou

O sinal do zodíaco está onde? Em um dos subúrbios de Moscou , as luzes-zodíaco apareceram nas ruas. Todos agora podem saber em qual rua a iluminação parece mais com seu astral.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

EU ME RECUSO

   A ESCREVER ERRADO

Estou falando das aberrações que rolam por aí afora. Não digo que todos tenham que saber a regras da Língua Portuguêsa na ponta do lápis! Pois, ora tira uma coisa e ora coloca outra, dependendo disso ou daquilo. E até fixarmos tudo leva um tempinho.
Mas a coisa está desastrosa, gente!!

Tem pessoas que sabem que a palavra está errada, mas consideram :
- "bonitinho" (quem acha?)
- todos escrevem assim hoje em dia (só os burros ou preguiçosos)
- novos tempos (essa é bem ultrapassada!)
- linguagem jovem (hã!? Tá me chamando de fóssil vivo?)

Particularmente não aceito erros em palavras de visão constante, aquelas que vemos sempre em livros, placas ou mídia. Há alguns anos, meu sobrinho escreveu uma palavra errada na lição de Matemática. Chamei-lhe a atenção e exigi a correção imediata, o garoto me saiu com essa pérola:
- Tia, a sra. tá me ensinando Matemática ou Português?
- Menino, os enunciados estão em qual idioma? Russo? Inglês? - retruquei.
- Mas, tia!! Olha, a tia de Matemática  não corrigi a gente, não!! - respondeu, doido para ter razão e escapar.
- Meu filho! Venho de um tempo em que professora -não importasse de qual matéria fosse- se preocupava com o aluno como um todo. Mas, as coisas mudaram muito mesmo. E se eu não te corrigir agora, no futuro você terá dificuldades de fazê-lo. Além de me culpar, de quebra!
- Mas, tia! Eu não vou consertar, não! - decidiu.
- Não!? Verdade? Pois a partir de agora, sua mãe arranja outra orientadora educacional para você. - fui logo juntando minhas coisas.
- Tááá bom, tia!! Eu conserto. - gritou rapidinho.
Hoje, ele me agradece. É um orgulho e satisfação ver suas notas.
Ocasionalmente o pego no computador com aquela escrita-aberração na linha "internetês". Mas, vai logo se justificando. Digo-lhe que está contribuindo para a destruição do nosso idioma, que também todos os outros que o sabem estão fazendo o mesmo escrevendo assim. E quem não sabe, em vez de corrigir-se vai escapando tranquilamente. Ele me dá razão, mas alega ser essa a linguagem que rola, e se ele não escrever nos MSN ou Orkut dessa forma leva fama de esnobe ou "cdf". Ai... mas, dói! O que há de se fazer?
Eu... no entanto, ainda me recuso a escrever errado.
              

TEORIA DAS MÚLTIPLAS INTELIGÊNCIAS

  Certa ocasião, fiz o teste proposto para saber minhas capacidades ou inteligências. Howard Gardner em seus estudos propôs que, toda pessoa tem diferentes graus de cada inteligência. Iinicialmente ele as definiu como em número de sete, em 1996 ele acrescentou mais uma. Me destaquei bem em três, embora não ficasse tão abaixo em mais duas outras. Dentre elas a que me chamou a atenção foi a Inteligência Intra-Pessoal. Minha capacidade é realitivamente baixa, apesar de não dar tão na vista. Desde esse dia, fiquei sabendo o motivo de certas dificuldades minhas em algo que eu considerava da mesma alçada. As outras inteligências eu já sabia do que tratavam e meu destaque nelas não seria novidade.
Mas, nunca havia me dado conta que existe a Inteligência Intra-pessoal; a outra, a Inter-pessoal. Também que são inteiramente diferentes e nem sempre estão no mesmo nível equiparativo.
A primeira, a Intra-pessoal trata de: como uma pessoa tem a capacidade de refletir, analisar e contemplar os problemas de forma independente. Uma pessoa pode olhar para si mesmo para avaliar os próprios sentimentos e motivações.
Já a Inter-pessoal é como a pessoa  usa suas habilidades sociais e boa capacidade de comunicação com os outros. Eles também podem mostrar a capacidade de empatia e entender as outras pessoas.

Aparentemente, nunca tive quaisquer problema nesta área enquanto que na outra...ai!! Sim, sou capaz de avaliar meus sentimentos e motivações. O que não significa à priori que, coopere comigo mesma apesar de toda uma avaliação consciente.

Me indago desde então: - Porque é assim ?? Deveriam ser iguais.
Até o dia que resolvi deixar de compreender o mundo e me esconder dele, pois passei a absorver demais o próximo. Algo como sentir na alma os sentimentos, as dores, as misérias do mundo. Como infelizmente esta parte é bem maior que as coisas boas! E não consigo ficar indiferente ou pelo menos ter um estoicismo cego, me tornei uma eremita urbana.
Não sei!! Talvez agora as duas capacidades se nivelaram. Quem sabe uma se elevou? Ou a outra regrediu?
Tenho até medo de saber as respostas, pois virão outras indagações e aí... Deus sabe, qual será minha próxima "nóia" !!

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Que pena!!!

A Igreja Fallen

            Às vezes as igrejas se cansam da falta de fé em torno.
                                              Por fim, sucumbem ao desprezo e indiferença.

                                        Esta é toda em madeira, até o telhado e as cúpulas.
Um dia foi erguida com tanto capricho e agora...